Afinal, qual é o termo correto: portadores de necessidades especiais ou pessoas com deficiência?

Para sanar essa dúvida, veja nosso artigo e confira outros assuntos interessantes associados às pessoas que possuem algum tipo de deficiência.

O certo é portadores de necessidades especiais ou pessoas com deficiência?

Para que não fique qualquer tipo de dúvida sobre se é certo usar portadores de necessidades especiais ou pessoas com deficiência, é preciso ter em mente a sigla PCD.

Atualmente, não é mais comum usar o termo portadores de necessidades especiais. Ainda que ele seja entendido com facilidade, o indicado é usar o termo pessoas com deficiência (PDC).

A busca pela inclusão social

Mesmo nos dias atuais, as pessoas com deficiência lidam com vários desafios associados à inclusão social.

Ainda que as leis no Brasil tenham avançado bastante nas últimas décadas, é preciso que seja desenvolvido um amplo trabalho.

Por exemplo, a sigla PCD, que é tão vinculada à disponibilização de vagas oferecidas por empresas às pessoas com deficiência não reflete plenamente todas as ações que precisam ser empregadas para favorecer a inclusão dessas pessoas no mercado de trabalho.

Uma quantidade significativa de empresas não cumpre totalmente a Lei de Cotas para Deficientes e esse fator gera um imenso atraso quanto ao oferecimento de oportunidades de emprego.

Uma boa parte dessa resistência das empresas é decorrente da ausência de informação no que se refere às deficiências.

Existe a opinião errada de que uma pessoa deficiente não é capaz de exercer uma atividade profissional. No entanto, a realidade é bem diferente disso.

A não ser nas situações de deficiências consideradas mais sérias, ainda que um determinado tipo de deficiência exista, é possível desenvolver atividades laborais utilizando diversos outros recursos físicos e mentais.

Na arte, no esporte e em diversas áreas é possível observar muitos exemplos de superação de indivíduos que possuem algum tipo de deficiência, independentemente de ela ser física, auditiva, visual, intelectual etc.

O papel da educação

Pessoas portadoras de necessidades especiais e pessoas com deficiência

As pessoas com deficiência conquistam acesso às oportunidades de trabalho por meio da construção de uma cultura que seja mais inclusiva. E um dos pilares dessa inclusão é a educação.

Dessa maneira, é preciso que as pessoas com deficiência tenham pleno acesso à educação desde cedo, tanto em escolas públicas quanto particulares ou para alunos especiais.

Isso permite que ocorra uma efetiva integração social, favorecendo o desenvolvimento das habilidades que possam proporcionar cada vez mais autonomia.

A sociedade começa a se transformar à medida que as escolas se tornam mais inclusivas no dia a dia.

Graças às muitas ações inclusivas no ambiente escolar é cada vez mais frequente que crianças com deficiência obtenham acesso à educação tradicional.

As escolas, na maioria dos estados brasileiros, estão investindo na formação e contratação de profissionais capazes de favorecer a inclusão.

Acessibilidade aos serviços de saúde

No que se refere às pessoas com deficiência, uma das prioridades mais relevantes é o amplo acesso aos serviços públicos e particulares de saúde.

Ademais dos desafios vividos em decorrência da estrutura da saúde no Brasil, as pessoas que possuem algum tipo de deficiência apresentam dificuldades bem específicas.

Uma pessoa com deficiência auditiva, por exemplo, passa por grandes dificuldades de comunicação para fazer uma consulta médica.

É preciso que os profissionais sejam preparados para atender com qualidade todas as pessoas, independentemente das condições físicas que elas apresentam.

A importância do acesso à informação

Outro aspecto no qual as pessoas com deficiência necessitam de grande atenção diz respeito ao acesso à informação.

Ainda que muitas leis favoreçam o desenvolvimento de diversas maneiras de comunicação inclusiva, há um longo caminho pela frente.

A utilização da Libras (Língua Brasileira de Sinais) e outros recursos, como por exemplo, o Braile, ainda é tímido quando comparado às necessidades das pessoas que possuem deficiência auditiva ou visual.

Ainda que muitos recursos e tecnologias tenham sido adotados para tornar mais fácil o dia a dia das pessoas com deficiência, é necessário que sejam adotadas iniciativas mais abrangentes para que tais recursos e tecnologias sejam disponibilizados para a população.

Lazer e cultura

As atividades associadas ao lazer e à cultura necessitam investir cada vez mais no oferecimento de recursos e condições necessárias para que as pessoas com alguma deficiência possam participar de reuniões, eventos e demais locais que promovam atividades de lazer ou culturais.

Questões ligadas à acessibilidade, tecnologias de áudio, disponibilização de um intérprete/tradutor de Libras etc. são fatores de grande relevância.

É dessa maneira que as pessoas com deficiência conseguem acesso a uma série de atividades culturais e de lazer.

Como gerar maior inclusão às pessoas com deficiência?

As pessoas com deficiência serão atendidas em suas necessidades específicas à medida que a sociedade em geral se tornar mais inclusiva.

Isso envolve a aprovação de leis que estimulem o desenvolvimento de soluções que melhorem as condições de vida das pessoas que apresentam algum tipo de deficiência.

A dedicação das empresas, por meio da elaboração de projetos inclusivos, é fundamental para que as pessoas com deficiência tenham melhores oportunidades no mercado de trabalho, fator decisivo para estimular a inclusão.

No Brasil, os maiores exemplos de inclusão no mercado de trabalho para pessoas com deficiência vêm das empresas Natura, Magazine Luiza, Grupo Pão de Açúcar, Drogasil e Citi.

Todas elas investem constantemente no desenvolvimento profissional das pessoas que possuem algum tipo de deficiência.

Essas empresas são reconhecidas não apenas por oferecer uma grande quantidade de vagas PCD, mas também por promover projetos que visam desenvolver as competências e habilidades das pessoas com deficiência.

Cada ação inclusiva promovida por essas e outras empresas são de fundamental importância para promover mais autonomia às pessoas que apresentam deficiência, dando a elas amplas oportunidades de crescimento no mercado de trabalho.

Outra vantagem é a renda que permite melhor qualidade de vida, beneficiando também as famílias.

Além de ver sobre a utilização dos termos portadores de necessidades especiais ou pessoas com deficiência, confira nossos outros conteúdos com assuntos de grande interesse para a comunidade surda no Brasil e no mundo.

Imagens: icetran.com.br / primeiroasaber.com.br